26 de xul. de 2017

CAMINHA

FEIRA MEDIEVAL DE CAMINHA PARA VISITAR ATÉ DOMINGO



Infogauda / Caminha

 A partir de hoje, Caminha recua no tempo e “vive” mais uma Feira Medieval, subordinada ao tema “SANCTORUM CULTUS”. Até domingo, as propostas são muitas: cortejo Inaugural com as Freguesias de Caminha, Exposição de Oratórios “Santos Padroeiros” das Freguesias de Caminha, Exposição “Repórteres no Tempo”, mercado medieval e um programa de animação convidativo. Com abertura agendada para as 18H00, neste primeiro dia destacam-se: a inauguração da Exposição Fotográfica “REPÓRTERES DO TEMPO”, o Cortejo Inaugural Sanctorum Cultus, com cavaleiros, músicos, malabares de fogo, gentes do povo e nobres saem em cortejo e o espetáculo equestre no acampamento medieval.

 Esta edição da Feira Medieval de Caminha vai destacar o culto cristão e a devoção aos santos titulares das igrejas das comunidades cristãs de Caminha. As novidades são muitas, com destaque para a exposição “Repórteres no Tempo”, uma retrospetiva da Feira Medieval de Caminha pelos olhos dos fotógrafos: António Andrade, António Garrido, Mac Kraja, João Castro, Jorge Castro, Jorge Meira, Luís Valadares, Raúl Verde e Vítor Ferreira, patente ao público nas Arcadas dos Paços do Concelho.   

 O mercado medieval uma das atrações da Feira, o visitante vai encontrar mercadores, taberneiros e artesãos, com os mais variados petiscos medievais, produtos aromáticos, bijuteria, artesanato, couro, brasões de família, brinquedos medievais, entre muitos outros artigos.   

 A zona de alimentação encontra-se nas ruas S. João, Visconde Sousa Rego e Contestável Nuno Alvares Pereira; Largos do Poço e Fetal Carneiro.   

 Os mercadores e artesãos, como é habitual, estão concentrados nas ruas da Corredoura, S. João, Visconde Sousa Rego, Direita, 16 de Setembro, largos da Matriz e do Turismo e ainda pelo Terreiro.   

 Quanto à disposição dos espaços, o Largo da Matriz, volta a servir de cenário ao acampamento medieval e aos “Oragos da Freguesia”. As aves de rapina, uma das atrações do certame, voltarão a marcar presença junto da Torre do Relógio. Os jogos medievais ‘Castelo dos Infantes’ situam-se junto ao Monumento ao Pescador. A exposição “Repórteres no Tempo” embelezará as arcadas dos Paços do Concelho.   

 Durante os cinco dias, a animação vai ser um polo de atração: animação de rua contínua com alquimistas duendes, elfos, teatro, oficina de caligrafia medieval; acampamento medieval; encenações, música medieval, torneio medieval com cavalos e cavaleiros, espetáculos equestres, cortejos, exibição de voos de aves de rapina, jogos medievais, espetáculos de fogo, são alguns dos momentos em destaque. Na quinta-feira, a partir das 16H00, destacamos o desfile de cavaleiros pelas ruas do Burgo; a exibição de voos de aves de rapina; o espetáculo equestre e os malabares do fogo.   

 Na sexta-feira, a animação a partir das 16H00 é constante. Nas várias ruas destacam-se vários espetáculos: Alquimia – todo o universo tende a um estado de perfeição; hora do conto Medieval “A princesa da flecha Dourada”; Ladainhas de enfeitiçar tentam as gentes do Reino; Saltimbancos e Jograis ao serviço do Rei A breve história de Portugal Medieval; A Arte da Caligrafia Medieval | Oficina para Aprendizes; Concerto de Música Gregoriana pelo Coro Gregoriano do Porto; Espíritos da Peste - purificam o ar e encomendam a alma a deus; Espetáculo Equestre no Acampamento Medieval e Ignis Entia – Espetáculo de Fogo.   

 No sábado, considerado o dia mais visitado da feira, o ponto alto é o torneio medieval com cavalos e cavaleiros, nas Muralhas do Convento de santo António.   

 A feira encerra domingo, com o Cortejo Régio de encerramento; espetáculo de fogo e malabares de fogo.

+ INFO E PROGRAMA DA FEIRA MEDIEVAL

Ningún comentario: