21 de xuño de 2017

CULTURA

Bienal de Cerveira: primeira exposição inaugura amanhã em Ourense 


Infogauda / Ourense

“Entre o pincel e o rato” é o nome da mostra que dá início ao ciclo de itinerâncias da XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira. Esta quinta-feira, 22 junho, às 20h15 (hora local), o Centro Cultural Marcos Varcárcel, em Ourense, inaugura esta exposição que propõe ao visitante uma reflexão sobre a evolução das formas de comunicação na criação artística. A bienal de arte mais antiga do país alarga, mais uma vez, o seu âmbito expositivo apresentando obras também em Caminha, Paredes de Coura e Vigo. 

 Na coleção do Museu Bienal de Cerveira encontram-se representadas todas as técnicas artísticas que se têm processado nos últimos 40 anos. Entre elas, apresentam-se obras de pintura, escultura em pedra e cerâmica, gravura, serigrafia e vídeo arte. Segundo o coordenador artístico da 19.ª edição da bienal de arte mais antiga do país e da Península Ibérica (em atividade), Cabral Pinto, “pretendem-se confrontar as técnicas de pintura e artes digitais, como expoente máximo do que parece ser um antagonismo na definição de obra de arte pelo seu próprio conceito”.  

 A inauguração contará com a presença Presidente da FBAC, Fernando Nogueira e do Deputado provincial de Cultura, D. Manuel Doval.  

 O Museu Municipal de Caminha (22 julho a 31 agosto) será anfitrião da mostra “Paisagem no Acervo” e o Centro Cultural de Paredes de Coura apresentará uma circulação de esculturas relacionadas com as “Representações da Figura Humana” (25 agosto a 1 outubro). Por sua vez, o Centro Cultural do Instituto Camões em Vigo apresentará ao público, entre 29 de julho a 15 de setembro, uma itinerância da mostra “Aquarte – Uma mirada galaico-portuguesa sobre o rio Minho 2017”, um projeto de cooperação cultural transfronteiriça que apresenta a visão de 8 jovens artistas das duas margens do rio Minho.  

“DA POP ARTE ÀS TRANS-VANGUARDAS, Apropriações da arte popular” é o tema da XIX Bienal Internacional de Arte de Cerveira, que decorre de 15 de julho a 16 de setembro, em Vila Nova de Cerveira (Portugal), para apresentar mais de 500 participantes de 30 países, e mais de 600 obras de arte.

Ningún comentario: